, ,

Hipnose e alta performance desportiva

Ele treinou por anos até chegar nesse momento. Horas de treinamento para aperfeiçoamento da técnica seguidas de muitas outras horas de condicionamento físico. Nutricionista sempre acompanhando, fisioterapeuta sempre atento para qualquer necessidade. Até que é chegada a hora e… “será que aquele olheiro estará na platéia?”… “quanta gente me assistindo, não posso errar”… “a equipe está contando comigo, não posso decepcioná-los”… O final da história parece conhecido, nosso ilustre amigo atleta amarela por sucumbir à pressão.

Essa pequena e fictícia história contém a realidade de uma enormidade de atletas, principalmente quando falamos Leia mais

Mini-curso Hipnose Clínica & Hipnoanálise com o Dr° Alberto Lopes

Preparamos algo especial e surpreendente para você, que ama a Hipnose Clínica e a Regressão e gostaria de ver o Dr° Alberto Lopes atuando…

Serão exatamente 3 horas onde ele o vai envolver, compartilhar informações e fazer uma Regressão.

Espero que você aproveite cada segundo com este Mestre da Hipnose!

Aproveite agora mesmo o Mini-curso com o Dr° Alberto Lopes.

 

Acesse o curso agora mesmo!

, , ,

A relação entre Hipnose, drogas, dor e prazer

Dor e prazer.

Basicamente esses são os dois motores principais de nossas ações. Seguimos mundo a fora buscando uma forma de evitar nossas dores e alcançar mais prazer.

Pare por um instante e pense em suas escolhas, avalie criteriosamente cada uma delas e verás que no fundo suas motivações tiveram um desses dois princípios.

Quando alguém se envolve com drogas também o faz pelo mesmo motivo, em maior ou menor escala. A pessoa busca uma experiência que seja uma forma de experimentar euforia; um estado alterado de consciência; uma forma de sentir-se mais leve, ou ainda; afogar as mágoas; esquecer os problemas; sentir-se mais poderosa; inserida em um grupo… Leia mais

, ,

Superando dificuldades ao brincar: uma abordagem responsiva! (Autismo parte 2)

Continuando nossa explanação sobre o autismo (parte 1), há várias maneiras de trabalhar com o espectro do autismo (EA), contudo o presente texto se fundamentará nas abordagens dos programas Son-Rise e Inspirados pelo autismo. A princípio, baseiam-se em quatro pilares: na interação; responsividade; motivação e ludicidade com a criança.

No quesito interação é priorizado o relacionamento com a criança, procurando conhecer através dela e de seus responsáveis quais são os seus gostos, tornando assim mais interessante a atividade que Leia mais